Seleção

5 perguntas que CERTAMENTE estarão na sua próxima entrevista

Já pensou como seria se você pudesse se antecipar à TODAS perguntas que seriam feitas que pelo seu entrevistador? Você poderia responder com MAESTRIA à todas essas perguntas e se destacaria de TODOS os outros candidatos, sendo escolhido para QUALQUER oportunidade que desejasse.

A boa notícia é que este artigo trás para você as principais perguntas feitas pelos recrutadores e como respondê-las.

Este Webinário aumenta suas chances de conquistar seu NOVO EMPREGO em até 5x! Clique aqui para acessar.

Pergunta #1 – Onde você se vê daqui a 5 e/ou 10 anos?

Essa pergunta tem duas versões. A primeira o recrutador só está interessado nos seus planos para daqui a 5 anos. Na segunda versão o recrutador está interessado nos seus planos para daqui a 5 E para daqui a 10 anos. Essa pergunta tem como objetivo identificar dois pontos muito importantes sobre você.

Você faz planos?

A primeira pergunta que o entrevistador irá tentar responder é se você é uma pessoa que faz planos ou se só vive um dia após o outro.

Empresas costumam gostar de pessoas que fazem planos de longo prazo. Esse tipo de pessoa costuma suportar melhor o dia a dia estressante do mercado de trabalho.

Seus planos são compatíveis com a empresa

Existem algumas coisas que você não deve responder quando alguém lhe fizer essa pergunta. Quais são essas respostas e suas respectivas explicações:

  • Estudando para concurso público: se você disser ao recrutador que está estudando para um concurso público e que pretende viver uma vida de estabilidade, vai passar a imagem de que aquela empresa é somente um trampolim para sustentar a casa enquanto traça um plano “B”;
  • Abrindo a minha empresa: o sonho de se tornar um grande empresário é extremamente válido. Mas as empresas verão você como alguém em quem não vale a pena investir tempo e conhecimento, já que logo logo você deixará o quadro de funcionários para tentar o sonho empreendedor;

Pergunta #2 – Por que quer trabalhar nessa empresa?

Cedo ou tarde, o empregador irá desejar saber o porquê de você ter escolhido a empresa onde ele trabalha para trabalhar também. É extremamente óbvio que as respostas que você deve evitar com todas as suas forças são:

  • Estou aceitando qualquer coisa;
  • Qualquer coisa serve;
  • Ela é legalzinha;
  • Pra pagar as contas;
  • Odeio trabalhar, então qualquer uma serve;

Sempre que o entrevistador fizer essa pergunta ele deseja, na verdade, saber suas coisas.

O quanto você pesquisou sobre a empresa?

Se você tiver pesquisado o suficiente sobre a empresa, terá encontrado algo que goste sobre ela. Em outras palavras, se você não ficar com um sorrisão amarelo e puder informar pelo menos uma coisa que lhe agradou na empresa, poderá mostrar para o seu recrutador que fez o dever de casa.

Algumas ideias de coisas para falar a respeito:

  • Horário de trabalho
  • Salário
  • Benefícios
  • Clube de vantagens
  • Local de atuação
  • Setor de atuação

Quais são seus valores?

As empresas têm valores muito bem definidos. Principalmente empresas multinacionais. Essas empresas, que têm valores muito bem definidos, gostam de contratar funcionários que têm o mesmo valor que elas. Isso garante uma certa harmonia entre as equipes.

Sendo assim, pesquise muito bem a MISSÃO, VISÃO e os VALORES da empresa antes de responder essa pergunta. Tente usar as partes de convergência.

Pergunta #3 – Qual é a sua pretensão salarial?

O recrutador irá desejar saber se a empresa possui condições de atender às suas expectativas financeiras. Sendo assim, irá perguntar sua pretensão salarial. Muitas empresas consideram isso tão importante que já inserem esse requisito no início do processo seletivo (recebimento de currículos).

A minha recomendação é que você NUNCA responda essa pergunta com um valor fixo, mas sim com um intervalo de valores. De “x” até “y”. Isso irá mostrar ao recrutador que você tem maturidade e está aberto à negociações.

Tome sempre muito cuidado quando indicar esse intervalo: algumas empresas vão tentar com todas as suas forças determinar seu salário pelo menos valor possível.

Pergunta #4 – Quais são seus pontos fortes e fracos?

Considero essa uma das perguntas mais polêmicas de todas. Existem quatro coisas a se considerar sobre essa pergunta.

Você se conhece?

A primeira delas é o seu objetivo. Para ser um bom profissional, você precisa entender quais são seus pontos fortes e fracos. Somente sabendo onde você precisa melhorar é que será possível melhorar.

Quando você reconhece seus pontos fracos e seus pontos fortes, mostra ao seu recrutador que tem o que é necessário para evoluir profissionalmente (ou talvez até mesmo na sua forma pessoal também).

Evite respostas padrão

Os recrutadores já estão extremamente saturados dos falsos defeitos:

  • Sou muito ansioso(a);
  • Sou muito perfeccionista;
  • Sou muito dedicado ao trabalho;

Não caia na besteira de não apresentar algo legal para o seu recrutador. Deixe ele saber qual é o seu real defeito. Talvez com esse seu real defeito, você possa receber um feedback que aquela não é a melhor oportunidade para você e se livrar de um péssimo trabalho.

Mostre um defeito seguido do plano de melhoria

Quando for dizer a eles seus pontos fracos, diga algo verdadeiro e, logo em seguida, diga o que está fazendo para melhorar. Tenha em mente que admitir um defeito é algo bom, mas você precisa ter um plano bem definido de como irá tratá-lo.

Mostre uma qualidade e como a utiliza para gerar resultados.

Você precisa entender uma coisa importante: uma qualidade só é, de fato, algo bom, se você pode fazer algo extremamente positivo com ela. Em outras palavras, as suas qualidades precisam levar você para os resultados que você deseja na sua vida.

Sempre que disser suas qualidades, diga também o que está fazendo para que elas sejam utilizadas para gerar resultados.

Pergunta #5 – Como está o seu inglês

Não seja ingênuo. Dali para frente, a conversa irá prosseguir em inglês. Seu inglês (ou qualquer outro idioma que seja obrigatório para a vaga) será testado para que o recrutador tenha certeza de que você tem a habilidade necessárias no idioma.

Esse é mais um motivo para que você não minta NUNCA no seu currículo. Suas habilidades poderão ser testadas ao longo do processo seletivo.

Conclusão

Para conhecer todos os segredos do processo seletivo, você tem que conhecer este artigo.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.
Se Você Não Está Seguindo Essas 03 Estratégicas Aprovadas Por Especialistas, Pode Nunca Conseguir Um Emprego!Que Estratégias?!
error: Content is protected !!